Por Viviane Faver
Especial de NY

O Restaurante week, maior evento de gastronomia do verão de Nova York, recebe duas das mais famosas churrascarias brasileiras: a Plataforma e a Fogo de Chão, completando o cardápio do evento, que tem 380 participantes distribuídos em 42 pontos diferentes na cidade. O preço para participar, e saborear as delícias do festival gastronômico, está bem em conta. Os valores vão de US$ 29, que vale três almoços, a US$ 42, sendo três jantares com sobremesa. Não perca a oportunidade, o Restaurante Week acaba nesta sexta-feira. As reservas podem ser feitas pelo nycgo.com/restaurantweek.
Conhecida por sua pluralidade, a cidade de NY reproduz no evento a sua principal caracteríritca: ser capital do  undo. Segundo o vice-presidente da Global Communications NYC & Company, Chris Heywood, aproximadamente 61% dos restaurantes no evento oferecem comida estrangeira. “Visitantes e moradores locais se beneficiam da diversidade na famosa cena gastronômica de Nova York. E nesta 26ª edição do evento temos o prazer de ter duas respeitadas e deliciosas churrascarias brasileiras como parte da lista”, diz.
Heywood conta que os funcionários da NYC & Company são entusiastas da Plataforma Brazilian Steakhouse e da Fogo de Chão, graças as suas abundantes e deliciosas carnes. As duas churrascarias têm restaurantes fixos na cidade e mantém uma clientela dividida entre brasileiros moradores de Manhattan, americanos locais e turistas. Porém, declaram que participar do evento é um bom negócio para aumentar clientela e a visibilidade.
A churrascaria Plataforma, desde 1996 nos EUA, participa pela terceira vez do evento. Segundo Alberico Campana, um dos sócios da Plataforma, participar do evento gastronômico é oferecer comida e serviços de qualidade e atrair novos clientes. “Nossa meta sempre foi oferecer mais do que o cliente espera, como o rodízio. A diferença entre a Plataforma e os demais restaurantes da promoção é que a maioria serve um cardápio limitado usando ingredientes mais baratos para assim atingir um lucro maior. O que não é o nosso caso. Nossos cortes mais nobres como a picanha e a alcatra fazem parte do cardápio. E mantivemos os pratos quentes, o buffet de comida japonesa e o coquetel de camarão”, diz. Alberico avalia que 80% dos clientes que participam do evento voltam à churrascaria. “Essa sempre será nossa expectativa”, afirma e acrescenta: “Iremos participar novamente no inverno (janeiro de 2019)”.
Já a Fogo de Chão, que estreou seu restaurante nos EUA em dezembro de 2013, está com foco de expandir na América pelo menos 10% por ano. De acordo com gerente de Marketing da empresa nos EUA, Josh Wood, a Restaurant Week oferece uma oportunidade única para os clientes conhecerem  os restaurantes mais procurados. “Durante anos, o Fogo percebeu que esse evento é uma ótima maneira para atrair novos clientes, fazê-los conhecer a marca por um preço acessível”, avalia.