Por MARTHA IMENES

Em tempos de desemprego em alta – são 13 milhões no Brasil, segundo pesquisa do IBGE – algumas oportunidades podem surgir para quem tem uma grana guardada, são as franquias. Entre tantas opções que surgem dia a dia e com os mais variados valores de investimento, está a Multifilmes, que é uma franquia de películas e adesivos autocolantes para veículos e pode ser instalada em diversos locais de grande circulação, o que dá maior visibilidade. Entre os locais estão estacionamentos de shoppings, supermercado e até mesmo uma grande loja de material de construção.
Com investimento inicial a partir de R$ 28 mil, e três modelos de negócios, um franqueado da marca pode lucrar até R$ 150 mil por mês, segundo os franqueadores. No ano passado, a unidade piloto da rede faturou mais de R$ 1 milhão. Além disso, de acordo com dados divulgados pela Associação das Montadoras – Anfavea, em abril a indústria automotiva cresceu 40% em comparação ao mesmo mês do ano passado. No acumulado dos primeiros quatro meses de 2018, quase um milhão de veículos saíram das fábricas.
“Oferecemos vários tipos de película como antivandalismo, que não permite que o vidro estilhace; película de controle solar, que protege a pele dos ocupantes e o interior do veículo da incidência de raios solares, além de oferecer conforto térmico, já que reduz o calor”, explica Junior Ruciretta, fundador da empresa.
A marca oferece ainda películas para proteção de pintura, totalmente transparente, não modifica a cor original do veículo e protege de riscos de pedras ou manchas de gasolina, por exemplo. Outro produto oferecido é o adesivo autocolante para envelopamento total ou parcial do carro.
“Cada vez que um veículo é trocado, a personalização se faz necessária, seja para aplicação das películas ou para envelopamento. Hoje em dia, os proprietários buscam veículos exclusivos, que demonstrem a sua personalidade. Essa alta rotatividade transforma a Multifilmes em uma marca promissora, com clientes constantes e oferece alta rentabilidade. Outro ponto importante é que nosso público varia de donos de veículos a concessionárias”, finaliza Junior.