Por MARTHA IMENES

A preocupação com o meio ambiente e soluções sustentáveis de crescimento é uma das preocupações da cervejaria Ambev, que desenvolve projetos voltados ao meio ambiente, responsabilidade social e sustentabilidade. E para dar um “up” em projetos sustentáveis, a cervejaria abriu inscrições para o programa da Aceleradora Ambev, que selecionará até 25 iniciativas que visem solucionar desafios propostos pela cervejaria e alinhados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), como redução no consumo de água e de carbono, fechamento do ciclo logístico de embalagens, e agricultura sustentável. As inscrições podem ser feitas até o dia 14 de setembro pelo site www.aceleradoraambev.com.br.
 Os escolhidos terão treinamento conduzido pela Conquer, aceleradora que desenvolve habilidades como produtividade, inovação, empreendedorismo, liderança e resolução de problemas com metodologia desenvolvida no Vale do Silício, antes de se apresentar para executivos da própria cervejaria, investidores anjo e fundos de investimentos.
“Os projetos selecionados receberão mentoria e aprenderão tudo que há de mais inovador no mundo das startups. Serão literalmente acelerados, passando desde a concepção da ideia até o lançamento e validação no mercado”, diz Eduardo Albuquerque, chefe de Inovação da Conquer. Ao final do projeto, as iniciativas serão apresentadas para executivos da Cervejaria Ambev, para identificação de possíveis sinergias, assim como investidores anjo e fundos de investimento.
E campo para sinergias pelo visto não falta: o portfólio da Ambev conta com cervejas, refrigerantes, chás, isotônicos, energéticos e sucos, de marcas reconhecidas como Skol, Brahma, Antarctica, Budweiser, Stella Artois, Wäls, Colorado, Guaraná Antarctica, Fusion, do Bem e AMA, a água mineral que destina 100% de seu lucro para projetos que levam acesso à água potável para famílias do semiárido brasileiro.
 QUEM PODE PARTICIPAR
Podem se inscrever, gratuitamente, startups e empreendedores do Brasil e de outros países que estejam desenvolvendo projetos relacionados aos temas dispostos no site da aceleradora. Em setembro, serão divulgadas as 20 iniciativas brasileiras escolhidas. Na fase de seleção, as ideias serão avaliadas pelo time global da AB InBev, que é a controladora da cervejaria, e fundos de investimento. Depois de selecionados, os negócios serão apresentados ao comitê da aceleradora.
O programa de mentoria tem duração de 10 semanas e acontecerá presencialmente em São Paulo, na sede da escola na Vila Olímpia. Os selecionados de todo o Brasil também poderão participar do programa em encontros online e mentorias personalizadas.