Uber lança os serviços Lite e Cash no Brasil

Por Martha Imenes

Quatro anos após ter chegado ao Brasil, a Uber anunciou uma série de mudanças nesta terça-feira em São Paulo. Entre elas segurança para usuários e parceiros, ampliação de serviços, como o Uber Lite e o Uber Cash. A companhia anunciou ainda a inclusão de outros modais de transporte no app, como bicicletas elétricas e patinete, em uso no mercado dos Estados Unidos. A data para entrada no Brasil não foi divulgada.
“O usuário poderá escolher o tipo de transporte que vai querer utilizar”, disse Manik Gupta, vice-presidente e diretor de produto da Uber.
Já a nova plataforma em versão lite vai facilitar a vida de usuários do aplicativo que têm celulares com pouca memória ou usam planos pré-pagos, segundo Adriana Gomes, diretora de Marketing para o Brasil.
O que antes era um problema para quem queria utilizar o serviço e não tem cartão de crédito, agora a solução está na palma da mão: o Uber Cash, um sistema de cartão pré-pago que o usuário poderá inserir e programar os créditos conforme sua necessidade e sem precisar ter conta em banco, anunciou Rob Daniel, diretor de produtos financeiros da Uber.
E os projetos da companhia não param nas vias públicas. O céu, pelo visto, é o limite! Em parceria com a Embraer, a Uber planeja lançar o Uber Air, um serviço de transporte pelo ar. Sobre essa ambição Tiana Jankovic, diretora de parcerias da Uber foi enfática: “Há quatro anos quem imaginaria estar andando de carro com uma pessoa que acabou de conhecer?”
E as novidades não param por ai, conforme anunciou Ethan Stock, diretor de produtos compartilhados. Para incentivar o compartimento de viagens, o que auxilia na mobilidade das grandes cidades, ao diminuir o tráfego de automóveis, e o meio ambiente, com menos emissão de poluentes, o Uber Pool dará um descontão aos usuários. “O custo de uma viagem nessa modalidade representa um custo 35% menor que nas corridas normais”, diz Stock.
Outro ponto anunciado pelos executivos foi a parceria com a Zenfinance para que motoristas do aplicativo possam adaptar seus veículos para o uso de GNV e desconto de 5% para abastecer nos postos Ipiranga de todo país. “A transformação do veículo para gás natural por enquanto só é possível no Sul”, informa Federico Chester, diretor de parcerias para a América Latina. Segundo ele, à medida que forem ampliando as parcerias, os serviços serão estendidos.

NÚMEROS NO BRASIL
A Uber chegou ao Brasil em 2014. Quatro anos e quase 2 bilhões de viagens depois, ela se tornou parte da vida das pessoas, sendo o principal app de mobilidade em todas as mais de 100 cidades brasileiras em que está disponível. Hoje, o Brasil é o segundo mercado da Uber em todo o mundo, contando com mais de 22 milhões de usuários ativos e mais de 500 mil motoristas parceiros, gerando renda ao toque de um botão.

 

Freelancer: trabalhar de casa exige rotina e organização

Freelancer: trabalhar de casa exige rotina e organização

Por Martha Imenes

Trabalhar em casa, ou home office, tem sido a alternativa para muitos trabalhadores driblarem a grana curta e a falta de emprego – são 13 milhões de desempregados no Brasil, segundo o IBGE. Ser freelancer tem siso a alternativa para esses trabalhadores. Mas para “dar certo”, alguns cuidados são importantes para que a produtividade não caia. É preciso, por exemplo, prestar atenção no ambiente de trabalho, já que dentro de casa geralmente é bem mais fácil se distrair com outras questões.
Por isso, o site Freelancer.com, plataforma para freelancers e crowdsourcing, separou algumas dicas para ajudar esse tipo de trabalhador a ter uma rotina de trabalho mais organizada.

Organize-se

Organização é fundamental para quem trabalha por conta própria. Ter uma casa limpa e bem arrumada é essencial para que as tarefas possam fluir durante o dia. Prestar atenção aos seus horários também é bem importante. Além disso, usar o tempo de trabalho de forma eficiente e não trabalhar depois do horário estabelecido também é recomendado, principalmente para não se ter problemas com compromissos e prazos.

Área exclusiva de trabalho

Ter um cômodo ou uma área reservada para o trabalho é recomendado porque ajuda, inclusive, na disciplina com os horários e no comprometimento com o trabalho. Além disso, esse lugar separado ajuda a não pensar no trabalho enquanto se usa as outras partes da casa. Lugar de trabalho é para trabalhar e lugares como a cama e a sala, para dormir e descansar.

Tente trabalhar em lugares diferentes

Lembre-se que o freela trabalha por conta própria e pode colocar suas próprias regras. Caso queira tentar algo diferente na rotina ou experimentar um novo ambiente de trabalho, a cidade toda pode ser um escritório a céu aberto. Parques e praças podem ser uma excelente opção para quem quer sair de casa e trabalhar ao ar livre. Outra sugestão são os compartilhados, ótima ideia para ampliar a rede de contatos e prospectar.

Reserve um tempo para você

É fácil se perder durante as longas horas trabalhadas, principalmente quando se está dentro de casa, onde o contato pessoal com outras pessoas é quase nulo. Por isso, reservar um tempo para si mesmo, para sair de casa e se desligar por algumas horas é um meio para renovar as energias e voltar com tudo para os trabalhos.

Brasileiros buscam exterior para empreender

Brasileiros buscam exterior para empreender

Martha Imenes
Para O DIA

A falta de segurança – pública e financeira – no Brasil tem feito cada vez mais brasileiros buscarem o exterior para morar e empreender. Para se ter uma ideia, nos últimos seis anos, o número de declarações de saída definitivas do Brasil junto à Receita Federal quase triplicou, segundo o órgão. Enquanto, em 2011, 8,1 mil pessoas buscaram outros países como residência; no ano passado, o total subiu para quase 22 mil.
Mas para trabalhar e morar nos Estados Unidos uma das alternativas é dar entrada no visto de permanência, que permite ao expatriado ter os direitos de um cidadão natural. Nesse contexto, o país mais procurado é os Estados Unidos, onde, no ano passado, os brasileiros investiram US$ 37 bilhões, montante que gerou mais de 74 mil empregos segundo levantamento da U.S. Bureau of Economic Analysis.
Mas quem são os brasileiros que deixam o país? Em conversa com O DIA, Jorge Botrel, especialista em expatriação e sócio da JBJ Partners, traçou esse perfil: são pessoas com 30 anos, que tenham família e filhos em idade escolar. Levantamento feito pela empresa mostra que 95% dos pesquisados afirmam não ter planos de voltar a viver no Brasil nos próximos anos. As principais razões citadas são violência, instabilidade econômica e corrupção. “As pessoas cansaram da violência e instabilidade do País”, avalia Jorge Botrel.
Nos últimos quatro anos, segundo a pesquisa, o percentual de pessoas com formação superior que se mudou para os Estados Unidos subiu 10 pontos percentuais, passando de 83% para 93%. Além disso, o percentual de expatriados casados subiu para 68%, e, destes, 83% são casados e têm filhos. Essas categorias, há quatro anos, correspondiam a 41% e 63% do público, respectivamente, o que evidencia o caráter de proteção dos familiares da violência brasileira, na avaliação de Botrel.

Como e quanto investir
Investir nos Estados Unidos não é um “bicho de sete cabeças”, mas requer muita pesquisa e cuidados como conhecer bem o mercado, a cultura, as demandas pelo produto ou serviço. “É importante que o investidor fique um tempo nos Estados Unidos para conhecer a região, sentir como é a localidade. O ideal é que fique em um Airbnb para ter a experiência de ‘morar’, para só depois se decidir”, orienta Botrel, que vive na Flórida.
Um dado importante a destacar é que para brasileiros com baixo investimento, o mínimo são US$ 100 mil, é preciso ter dupla cidadania para tero visto concedido. Esses países devem ter acordos bilaterais com os Estados Unidos, como Argentina, Colômbia, Chile, Equador, Espanha, Itália, Alemanhã e Japão, por exemplo. Outros casos que dão direito a visto de permanência requerem investimentos maiores, em torno de US$ 300 mil a US$ 500 mil.
O visto de investidor que mais teve aumento foi o L1, alta de 11% entre 2016 e 2017. Na prática, o L1 permite que executivos administrem uma subsidiária de empresas de faturamento mínimo de US$ 1 milhão nos Estados Unidos. Além do L1, também é possível solicitar permanência a partir do visto EB-5, que exige investimento de US$ 500 mil em empresas que criem, ao menos, 10 postos de trabalho no prazo de dois anos.
Ao final do prazo, o Green Card é concedido ao investidor, caso a condição de criação de vagas tenha sido cumprida. Para brasileiros com dupla cidadania, como italiana, alemã e espanhola, o visto E2 permite o mesmo processo com investimento inferior, a partir de US$ 100 mil. Nos três casos, o documento inclui alguns familiares, como esposo ou esposa e filhos.

Kraft Heinz recruta estagiários

Kraft Heinz recruta estagiários

A Kraft Heinz Brasil http://www.heinzbrasil.com.br busca jovens talentos para ingressar na companhia por meio de três programas: Trainee, Estágio e Summer. “Nosso propósito em atração de gente na Kraft Heinz é buscar pessoas para sonhar, realizar e construir com muito protagonismo, empreendedorismo e mão na massa. Buscamos pessoas que queiram fazer a diferença, por meio da construção positiva ao negócio”, afirma Carolina Oliveira, coordenadora de Talent Acquisition LatAm.

Ela destaca, ainda, que os jovens talentos da Kraft Heinz são as peças fundamentais para fortalecer as marcas da companhia, desenvolver o mercado e colaborar com a criação e consolidação de processos, entre outras atribuições.

Interessados no Programa de Trainee devem ter se formado entre dezembro de 2016, 2017 e 2018, com nível fluente em inglês. Os candidatos selecionados iniciam na companhia em janeiro de 2019, com um ano de duração no Programa, com muito trabalho, construção e aprendizado, incluindo a apresentação de um projeto que, se for o campeão, será apresentado na convenção América Latina com a presença de líderes globais.

Os candidatos ao Programa de Estágio devem cursar o penúltimo ou último ano da graduação, com nível avançado em inglês. São seis meses ou um ano como estagiário, que terá como desafio trabalhar em seu projeto e nos indicadores da respectiva área. O melhor colocado vai direto para a fase final do programa de Trainee. Os selecionados ingressam na companhia em janeiro de 2019.

Já os selecionados pelo Programa Summer são jovens matriculados na universidade, também com inglês avançado, e iniciam na Kraft Heinz em dezembro de 2018. São três meses de dedicação integral, incluindo a apresentação de um projeto que, se for o melhor, vai para a fase final de Estágio. O desafio é focado integralmente em seu projeto.

Serviço

Programa de Trainee

Inscrições: até 30 de setembro de 2018

Duração: um ano

Candidatos: graduados a partir de dezembro de 2016, 2017 e 2018

Início em: janeiro de 2019

Programa de Estágio Kraft Heinz

Inscrições: até 21 de outubro de 2018

Duração: seis meses a 1 ano 1/2

Candidatos: cursando o penúltimo ou último ano da graduação, em qualquer curso

Início em: janeiro de 2019

Programa Summer Kraft Heinz

Inscrições: encerradas em 26 de agosto

Duração: três meses

Candidatos: cursando graduação, em qualquer curso

Início em: dezembro de 2018

Rio terá evento dedicado ao Canadá

Rio terá evento dedicado ao Canadá

Immi Canada e 3RA realizarão tour de feiras sobre estudo e imigração
Por MARTHA IMENES
Os estudantes que pensam em fazer um curso de formação no exterior poderão conhecer as diversas oportunidades que o Canadá oferece. Hoje e amanhã a Immi Canadá e a 3RA Intercâmbio realizarão, um tour de feiras e palestras sobre estudos e imigração para o Canadá no Rio de Janeiro, São Paulo, Natal, Fortaleza, Campinas e Belo Horizonte.
De acordo com os organizadores, este é o maior evento dedicado ao Canadá já realizado no Brasil e que terá a presença de escolas e colleges canadenses, além de encontros exclusivos com estas instituições.
Os eventos contarão com feiras abertas ao público, palestras com especialistas e a realização de um seminário exclusivo para os interessados em cada uma das regiões com a presença das instituições canadenses, ILSC Language School, Greystone, Douglas College, Humber College, George Brown, Niagara College, e Langara College.
SERVIÇO
No Rio, o evento será na Arena Copacabana Hotel, que fica na Avenida Atlântica 2.064. Neste dia serão realizadas as palestras com Juliana Miguez (Immi Canada) e Francisco Zarro (3RA Intercâmbio), além de feira com escolas de idiomas e colleges canadenses e seminário com as instituições.

Mais informações e inscrições na página http:3ra.ca/consultarj.