Registro de marcas terão que sair em até 18 meses

Por Martha Imenes/O DIA

Os processos de registro de marcas devem ficar mais rápidos. Na última quinta-feira o Plenário da Câmara dos Deputados aprovou o texto do Protocolo de Madri sobre registro de marcas. Mas o que isso significa? O protocolo em questão acelera os procedimentos e permite que a propriedade intelectual seja reconhecida simultaneamente nos vários países que fazem parte do acordo (PDC 860/17). Na prática o encurtamento, digamos assim, do prazo que hoje varia de 24 a 48 meses para 18 meses facilitará o processo para empresas brasileiras que querem se expandir e internacionalizar a marca. Assim como para quem quer investir no Brasil vai diminuir o tempo da burocracia do registro. Pela proposta, o escritório nacional, que no Brasil é o Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI), vai encaminhar o pedido de registro de marca para a Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI), que fica em Genebra, na Suíça.

Desta forma, fica a cargo deste órgão o processo de registro da marca nos outros países membros do protocolo. A medida visa diminuir os gastos das empresas, que incluem o pagamento de taxas e contratação de advogados, entre outras coisas, para realizar o registro de marcas.

“A adesão do Brasil será um marco para a internacionalização das marcas brasileiras porque estimulará, facilitará e impulsionará o registro de marcas brasileiras no exterior e, por consequência, serão ampliados, tanto a comercialização internacional de produtos e serviços, como os investimentos nacionais em outros mercados e vice-versa”, avalia Vanessa Gaeta, especialista em Propriedade Intelectual do escritório Daniel Advogados, do Rio.

Dados divulgados durante o congresso da Associação Brasileira da Propriedade Intelectual (ABPI), em agosto de 2018, informam que o Sistema de Madri abrange 121 países. Esse grupo é detentor de 80% do comércio global. No total, são mais de 206 mil titulares de marcas, sendo que 79% têm apenas um ou dois registros.

VANTAGENS

1 – Redução de prazo para um ano e meio (18 meses) para o titular alcançar o exame de mérito junto ao INPI, o que aceleraria o processo e também aumentaria a previsibilidade sobre a aprovação para o titular do pedido;

2 – Ingresso do Brasil em um tratado que facilita o acesso a grandes mercados para estimular as exportações, ampliando a competitividade em um mercado globalizado;

3 – Redução dos custos do processo de registro de marcas no exterior, beneficiando o avanço das exportações entre pequenas e médias empresas brasileiras;

4 – Simplificação do registro em muitos países pela formulação de um só pedido, além da necessidade de pagar uma única taxa para esse processo;

5 – Otimização do tempo de registro, que não precisaria mais ser feito em jurisdições diferentes, com traduções para idiomas locais e a contratação de procuradores constituídos em cada um dos países em que a empresa tem interesse;

6 – Registro internacional válido por 10 anos, com renovação permitida pelo mesmo período múltiplas vezes. Após cinco anos, independência em relação ao registro no país de origem.

Pizza Hut abre unidade no Park Shopping Campo Grande

Os frequentadores do Park Shopping Campo Grande agora terão mais uma opção: a rede de pizzarias Pizza Hut https://www.pizzahut.com.br/  abriu uma franquia no shopping. Com 17 colaboradores, a nova unidade conta com cerca de 60m² e funcionamento de segunda a sábado das 11h às 23h e domingos e feriados das 12h às 21h. O franqueado da loja, André Schanuel, fala da expectativa da abertura e indica o que os cariocas poderão aguardar.
“Foram meses de muito planejamento e treinamento visando entregar a melhor experiência para os nossos clientes. Somos apaixonados por pizza e realizamos hoje um sonho de compartilhar com a população dessa região o sabor de Pizza Hut. Teremos ainda neste ano o prazer de inaugurar novas unidades na cidade do Rio de Janeiro”, aponta.
O gerente-geral de Pizza Hut no Brasil, Saddy Nardino, ressalta que o Rio de Janeiro está entre os estados prioritários para a expansão da rede no país juntamente com o mercado paulista. “Temos agora 10 unidades e, até o fim de 2020, nosso plano é chegar a 50 lojas no estado, principalmente em novas regiões da capital fluminense que ainda não são atendidas. Até 2023, nosso objetivo é ser a principal marca de pizzas no Rio de Janeiro”, diz o executivo, acrescentando que está no radar de aberturas novos endereços de rua para lojas com delivery, grande tendência no food service brasileiro.
Na capital, a Pizza Hut está presente no Aeroporto Internacional Tom Jobim – Galeão – e em bairros como Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes, Botafogo, Copacabana e Del Castilho, além de Niterói. A rede agora conta com cerca de 190 lojas em todo o país e prevê alcançar 700 lojas no Brasil até 2023.
Cardápio – O cardápio de Pizza Hut apresenta variadas opções de pizzas com massa preparada diariamente, o que torna o sabor único. Os sabores Pepperoni, Supreme e Brasileira estão entre os mais pedidos. As opções de Breadsticks de Pepperoni e Sliders de Brigadeiro completam a experiência.

 

‘Vice-versa’: Conta-Gotas do Instagram e Twitter para o blog

‘Vice-versa’: Conta-Gotas do Instagram e Twitter para o blog

Voltado para a área de negócios e oportunidades no Brasil e exterior, o perfil da coluna Conta-Gotas pode ser visualizado em blog, Facebook, Instagram e Twitter.
Em breve o CG vai estar também em um canal no YouTube para mostrar (e testar) produtos e serviços, além de divulgar ações de empresas.
Hoje iniciamos uma nova fase onde as imagens do Instagram e as “curtinhas” do Twitter passam a ser compartilhadas no blog. É o “vice-versa” em ação. Ou como o mercado chama: sinergia.

Serão muitas novidades este ano!

Curta, siga, compartilhe!
http://www.colunacontagotas.com.br/
https://www.facebook.com/colunacontagotas/
https://twitter.com/colunacontagot1https://
www.instagram.com/colunacontagotas/

Quer dar visibilidade a sua marca? Divulgar seu produto ou serviço? É só mandar fotos e notas para o email: colunacontagotas@gmail.com.

 

 

 

Black Friday: promoções atraem consumidores. Especialistas dão dicas de como não cair em furada

Black Friday: promoções atraem consumidores. Especialistas dão dicas de como não cair em furada

Por Martha Imenes
Com Edda Ribeiro/ODIA

A sexta-feira promete! Um dos eventos mais aguardados pelo varejo, a Black Friday, está às portas e consumidores estão ávidos para aproveitar os descontos, que vão de roupas, acessórios, eletroeletrônicos, cursos, serviços, como o DogHero, e até viagens. E na véspera da Black Friday, dia 22, o Supermercados Guanabara lança a Black Fraldas, e o consumidor vai poder comprar fraldas, lenços umedecidos, papinha e outros itens infantis 50% mais baratos.
Nos shoppings Nova América, Nova Iguaçu, Boulevard, Botafogo Praia e Madureira, por exemplo, as ofertas vão chegar a 90%. Por meio de interação de realidade virtual, os clientes vão poder ‘capturar’ itens, como a Air Fryer Philips Walita por R$ 89,90 e o Celular Moto E5 Play por R$200. Mas atenção: é preciso baixar no celular o aplicativo de cada shopping.
Para quem aguarda uma oportunidade para viajar e estudar, a 3RA Intercâmbio dará descontos de até 75% em cursos de línguas, programas e consultoria educacional e seguro saúde no Canadá. O Brasas oferece 50% em mensalidades para aluno novo, de 22 a 24 de novembro, até 12h.
Agora quem está na pilha de viajar terá desconto de até R$ 500 na operadora Juca Na Balada. Até o dia 23 de novembro serão mais de 20 opções de pacotes de viagens com descontos de R$100 a R$500. Entre as principais ofertas estão: pacotes para o Réveillon e Carnaval 2019 com destino a Arraial do Cabo, Rio de Janeiro, Capitólio, Praia do Rosa e São Luiz do Paraitinga, além de diversos destinos internacionais como Cancún (Spring Break), Ibiza, Las Vegas, Machu Picchu e até para Barcelona pra assistir a concorrida Final da Champions League 2019.
Em todos os pacotes estão inclusos hospedagem, transportes, traslados e passeios, e têm como diferencial o conceito Open Bar presente em toda a viagem.

Aplicativo lança a Cherry Friday

O aplicativo DogHero – que conecta pais e mães de cachorro a passeadores e anfitriões – entra na onda da Black Friday e dá desconto de R$ 100 para clientes que anteciparem reserva de hospedagem para as festas de fim de ano.
Além desse desconto, os clientes que participarem da Cherry Friday, nome alusivo à Cereja, que é mascote do aplicativo, também ganham de presente uma semana de passeios de 30 minutos para o cãozinho. O benefício é limitado a clientes que moram na área de cobertura do serviço de passeios. No Rio ele está disponível para os bairros da Zona Sul, Barra e Tijuca.
O cliente pode marcar até cinco passeios de 30 minutos para um cachorro, em dias consecutivos, até o dia 21 de dezembro. Após fazer a reserva da hospedagem, o time responsável entrará em contato por e-mail para fazer o agendamento.
Para participar basta baixar o aplicativo, disponível para Android e iOS, e inserir o cupom na tela de pagamento. As reservas devem incluir a véspera de Natal (24/12) e/ou do Ano Novo (31/12). Mas atenção: o desconto é limitado a um uso por cliente. O desconto é válido para reservas pagas até o dia 30 deste mês e caso cancele o serviço ele perde o cupom de desconto.

Jin Jin dá desconto no temaki

A Jin Jin, tradicional rede de franquias especializada em culinária asiática, também entrou no ritmo da Black Friday. O consumidores poderão aproveitar, além das ofertas oferecidas pelas lojas nos shopping, as promoções da praça de alimentação. Na Jin Jin, na compra de um temaki Jin Jin de Salmão, Salmão Grelhado, Califórnia ou Ceviche, o cliente leva outro de mesmo sabor de graça.
Todas as unidades da rede participam da promoção. São quatro sabores mais tradicionais da rede à disposição do consumidor e preparados com ingredientes selecionados e fresquinhos.

Atenção redobrada

A Black Friday é uma tradição nos Estados Unidos, no qual se realiza grandes promoções na sexta-feira seguinte ao feriado de Ação de Graças. Mas como no Brasil não se comemora a data, o varejo viu uma oportunidade para ganhar uma grana extra: o pagamento do 13º salário, que normalmente tem a metade adiantada em 20 de novembro.
No entanto, o Instituto de Defesa do Consumidor (Idec) alerta: cuidado para não cair em Black Fraudes e em enrascadas. “É importante controlar a ansiedade frente às ‘megaliquidações’ e preços aparentemente baixos e tomar alguns cuidados antes de sair comprando por aí”, adverte.
Os preços podem até parecer tentadores, mas é importante se planejar para não complicar o orçamento com a Black Friday. Logo depois da data, chega a hora de pagar o IPTU, o IPVA, a matrícula escolar, o plano de saúde. E dessas contas não dá pra se livrar.
“Para não gastar mais do que pode, a dica é fazer uma lista de produtos que precisa e que gostaria de comprar. Além disso, tente estabelecer um limite de gastos. Assim, saberá exatamente quanto da sua renda estará comprometida”, orienta o Idec.

PARA NÃO GASTAR MUITO – Apesar dos preços chamativos, é preciso resistir ao desejo de comprar demais. Especialista em varejo, Marco Quintarelli, em entrevista ao jornal O DIA, recomenda cautela, mesmo para quem pensa em aproveitar as promoções e garantir os presentes de Natal. “Custo benefício deve ser levado em conta em qualquer promoção. O consumidor realmente necessita desse produto? É preciso tomar cuidado, até mesmo com os parcelamentos”, orienta Quintarelli.

GOLPES NA INTERNET – O consumidor deve estar atento e driblar impostores para comprar golpes pela internet. A Federação Brasileira de Bancos alerta para sites, lojas online e e-mails falsos. Por esses meios, golpistas podem conseguir acesso a informações pessoais do consumidor, como CPF, número de cartões de crédito e dados bancários.

CONFIRA OS SITES – Para verificar a veracidade dos sites em que está comprando, é importante certificar se o endereço da página é o correto. Uma forma de fazer isso é digitar a URL no navegador ao invés de clicar no link. Quintarelli sugere que o consumidor dê preferência a lojas online que tenham sede física. Fazer uma pesquisa na área de Reclamação também ajuda a evitar possíveis problemas.

SALVAR DADOS – Na hora da compra online, imprimir ou salvar imagens da tela com os dados para ter provas é uma das orientações do Procon Carioca. Antes de finalizar, é ideal solicitar que o prazo de entrega seja registrado em nota fiscal, no pedido ou recibo.

RECLAMAÇÕES – Todo cuidado é pouco, e havendo problemas, reclamar é direito. Se o produto comprado na loja ou pela internet apresentar problemas, o consumidor tem 30 dias para reclamar, no caso de produtos não duráveis e, 90 dias, no caso de produtos duráveis.

DEVOLUÇÃO – O consumidor tem o prazo de sete dias, a partir do recebimento da mercadoria, para arrependimento. Ou seja, pode cancelar a compra e ter seu dinheiro devolvido. Não é necessário que o produto apresente defeito para gerar o direito de arrependimento e não é preciso justificar o motivo.

ATENDIMENTO – Caso não haja solução em até 30 dias, o consumidor pode exigir seu dinheiro de volta, a troca por outro produto equivalente ou pedir o abatimento proporcional do preço. É possível reclamar por meio do Facebook/Procon Carioca, www.rio.rj.gov.br/proconcarioca ou no telefone 1746.

 

Ambev divulga projetos que receberão investimento de até US$ 100 mil

Ambev divulga projetos que receberão investimento de até US$ 100 mil

Por Martha Imenes

Três projetos brasileiros foram aprovados no programa da aceleradora global de soluções ambientais da AB InBev: Molécoola, a RSU Brasil e a Tampec. As startups foram selecionadas pela cervejaria Ambev (http://www.aceleradoraambev.com.br/) para participar de um treinamento onde os projetos serão acelerados na sede da companhia em Nova York. A aceleradora, lançada em junho com foco em impulsionar propostas que contribuam para a construção de um mundo melhor, visa identificar soluções inovadoras de empreendedores, startups e acadêmicos.  O programa faz parte da Plataforma 100+, lançada recentemente pela Ambev e que reúne ações de impacto positivo para construir um legado sustentável para a sociedade e o meio ambiente pelos próximos 100 anos e mais.
Em paralelo ao treinamento com foco no desenvolvimento do projeto piloto, as startups selecionadas receberão também um investimento de até US$ 100 mil e apoio operacional da companhia na implementação de suas soluções, além de mentoria e acompanhamento de especialistas em sustentabilidade da cervejaria e também de consultores externos.
As startups brasileiras que participarão da etapa global possuem projetos alinhados às metas socioambientais assumidas pela cervejaria Ambev como compromissos para serem atingidas até 2025 nos pilares Gestão de Água, Ações Climáticas, Agricultura Inteligente e Embalagem Circular. Entre elas está a Molécoola, que criou o conceito da primeira loja de nano franquia de reciclagem no Brasil, motivando as pessoas a destinarem seus resíduos para a reciclagem por meio de incentivos em forma de pontos para troca por produtos e serviços; a RSU Brasil, que desenvolveu uma tecnologia de baixo custo e limpa para transformação de resíduos orgânicos em biomassa para energia, para reaproveitamento do lixo, evitando assim o simples descarte no meio ambiente e garantindo reciclagem de materiais que antes eram aterrados; além da Tampec, que desenvolveu um sistema de logística reversa que mapeia e centraliza a coleta de embalagens pós consumo.
“Acreditamos no potencial de transformação e impacto positivo dos projetos que escolhemos para representar o Brasil na etapa global da nossa aceleradora. Estamos muito felizes em contar com startups que compartilham do nosso sonho de construir um mundo melhor e sabemos que, ao unir nossos esforços, estamos deixando um legado positivo para os próximos 100 anos e mais”, comenta Rodrigo Figueiredo, vice-presidente de Sustentabilidade e Suprimentos da cervejaria Ambev.
A aceleradora de soluções ambientais conta com apoio institucional do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU) que, em parceria com a cervejaria Ambev, participou da avaliação dos projetos inscritos, garantindo alinhamento dos mesmos aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU.
Além das startups brasileiras selecionadas para a etapa global, outros dois projetos nacionais foram escolhidos para receberem um incentivo financeiro, além de treinamentos e mentoria. A Amana Katu é um deles e desenvolveu sistemas para captação e filtragem de água da chuva para fins domésticos e agrícolas na Amazônia, onde há escassez de água potável para milhões de pessoas, empregando e capacitando grupos de jovens em situação de vulnerabilidade social. A outra startup é a ManejeBem, que criou uma rede social conectar produtores rurais e técnicos, providenciando assistência online a baixo custo, fomentando o desenvolvimento de pequenos negócios e contribuindo para boas práticas no campo.

Prezunic abre 50 vagas no Rio. Inscrições no site

A rede carioca de supermercados Prezunic está com 50 vagas abertas nas mais variadas funções, como açougueiro, conferente, atendente de loja, auxiliar de operações, fiscal de prevenção de perdas, auxiliar de depósito, estoquista entre outras.

Dez vagas são exclusivas para pessoas com deficiência. Os interessados devem se cadastrar no site www.vagas.com.br/cencosudbrasil, já que as lojas físicas não recebem mais currículos de papel.

Para participar do processo seletivo é necessário ter o ensino médio completo e horário disponível. São oferecidos benefícios compatíveis com o mercado para todos os colaboradores, como plano de saúde médico e odontológico, além da possibilidade de crescimento profissional.