Gol anuncia voos diretos para os EUA

Gol anuncia voos diretos para os EUA

GOL Boeing 737-800 photographed on 3 May 2017 along the Pernambuco coastline near Recife, Brasil.

A Gol Linhas Aéreas Inteligentes vai ampliar a oferta de voos internacionais com as novas partidas diretas para Miami e Orlando, nos Estados Unidos. A malha aérea da Gol para os Estados Unidos terá quatro saídas para o Estado da Flórida, com decolagens de Brasília e Fortaleza. Essas cidades brasileiras foram as escolhidas por conta da localização e de oportunidade de conexões com os demais destinos domésticos atendidos pela companhia, disse a Gol.
Segundo a Gol, o lançamento de voos diretos para os Estados Unidos será possível graças à chegada, neste ano, dos novos modelos Boeing 737 Max-8, que têm maior autonomia de voo. O início das operações será em 4 de novembro deste ano.
A companhia vai receber seis aeronaves Boeing 737 Max-8 ao longo do segundo semestre deste ano, parte de uma encomenda que soma 120 unidades a serem entregues pela Boeing ao longo dos próximos anos.
Com capacidade para até 186 passageiros, o 737 Max-8 tem autonomia para 6.704 quilômetros, ante os 5.704 quilômetros dos modelos 737-800, atualmente usados pela Gol.
“A chegada do Boeing 737 MAX, a partir de junho de 2018, concretiza mais uma entrega para oferecer a melhor experiência de viagem aos nossos clientes, com aeronaves novas e modernas, serviços e produtos exclusivos e uma malha forte e integrada”, afirmou em nota o vice-presidente de vendas e marketing da Gol, Eduardo Bernardes.
A Gol informou que os bilhetes para Miami e Orlando estarão disponíveis em breve para compra em todos os canais da companhia.

PARCERIAS

Por conta da associação com as companhias aéreas Delta, Air France e KLM, a Gol oferece passagens para cerca de 80 destinos internacionais, para países como Estados Unidos, Canadá, França, Holanda, Portugal, Espanha, Inglaterra, entre outros.
E as vantagens não param por aí: os clientes que viajam com as parceiras têm a vantagem de realizar apenas um check-in, receber os cartões de embarque de uma só vez para todo o percurso e um único despacho de bagagem, benefícios que reduzem o tempo do cliente no aeroporto. ​
“O novo posicionamento implantado reforça os feitos do passado, principalmente no que diz respeito ao acesso da população à aviação comercial. Ao mesmo tempo, somos a companhia aérea doméstica com as melhores tarifas, com o maior número de passageiros transportados, conforto e pontualidade”, completa Eduardo Bernardes.

Mahogany cosméticos chega ao Chile

Mahogany cosméticos chega ao Chile

A Mahogany, empresa brasileira de cosméticos, anuncia sua primeira operação no exterior com uma inauguração em solo chileno, em Santiago. Segundo dados da Cámara de la Industria Cosmética de Chile, o setor de cosméticos cresceu 5,4% em 2017, e os números do primeiro trimestre apontam as categorias que mais cresceram: maquiagem, produtos de higiene pessoal e fragrâncias. Com esse cenário positivo, a Mahogany mirou no país e abriu sua primeira unidade, um quiosque no modelo de franquia, no Mall Arauco Maipú.
Para Peter Schimidt, gerente de expansão da Mahogany, a internacionalização foi consequência do rápido crescimento da rede no mercado nacional em 2017. “O sucesso das nossas operações no Brasil gerou visibilidade para investidores estrangeiros. Estudamos as possibilidades de ultrapassar as fronteiras e encontramos no Chile um mercado bastante promissor, que possui características de operação e de economia, como um todo, muito semelhantes ao que já estamos acostumados”, explica Schimidt.
Para concretizar esse primeiro negócio, a Mahogany fez uma imersão local, seguida de prospecções, tanto com os candidatos quanto com os consumidores em potencial. A análise 360º do negócio foi realizada para diminuir os riscos do projeto. “Acreditamos que será um grande sucesso, vamos apresentar neste primeiro momento 150 produtos do nosso portfólio”, diz Schimidt.

Itaipava aumenta família e lança a Go Draft

Itaipava aumenta família e lança a Go Draft

O Grupo Petrópolis aposta no crescimento da marca Itaipava, a 3ª mais consumida no país, e lança a Itaipava Go Draft na segunda quinzena do mês. No portfólio, o grupo tem ainda a Itaipava Pilsen, Itaipava Premium, Chopp Itaipava, Itaipava 0,0% Álcool e Itaipava Malzbier. De acordo com cervejaria, a Itaipava Go Draft foi criada para ser consumida a qualquer hora do dia ou da noite, a Itaipava Go Draft é um convite ao novo
A Itaipava Go Draft chega para ganhar espaço na categoria premium, um dos segmentos que mais cresce em vendas e já representa 8% da fatia do setor. Com uma estratégia de comunicação voltada ao público jovem, a nova marca será uma opção aos consumidores que procuram qualidade superior para qualquer hora do dia ou da noite.
“Percebemos um grande potencial neste segmento e, temos certeza, nosso novo produto irá colaborar ainda mais para o crescimento de Itaipava no mercado nacional”, diz Eliana Cassandre, gerente de Propaganda da Itaipava Go Draft.
Com teor alcoólico de 4,7% e cinco vezes filtrada, a bebida conta com uma técnica especial de envase, garantindo uma cerveja mais pura e equilibrada. Por ser uma draft beer, ou seja, não pasteurizada, a Itaipava Go Draft possui ainda mais leveza com o chamado “drinkability” bem acentuado.
O novo produto chega ao mercado nas embalagens long neck de 355 ml e descartáveis de 600 ml, inicialmente em bares, casas noturnas e autosserviços (supermercados, conveniências) dos estados do Rio de Janeiro e São Paulo, se expandindo para todo o Brasil ao longo do primeiro semestre de 2018.
Para chegar ao produto final o grupo investiu quase R$ 20 milhões e levou 30 meses de trabalho. A Itaipava Go Draft será produzida na cervejaria de Teresópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro.

Burger no busão, uma opção de franquia

Burger no busão, uma opção de franquia

Depois da onda de food trucks, bike foods, chega o burger no busão. Com um visual descolado, esse modelo de franquia tem uma hamburgueria com a cozinha a bordo de ônibus antigos que ficam, estrategicamente, em locais fixos. No seu entorno, o Busger alia a boa cozinha sobre rodas com bom gosto e descontração.

Criada em 2014 pelos jovens Rodrigo Arjonas e Luciano Oberle,  a rede de hamburguerias sobre rodas Busger viveu em 2017 seu primeiro ano de expansão pelo sistema de franquias.

A rede fechou o ano com cinco unidades em operação, sendo três franqueadas e duas próprias e outras quatro prestes a inaugurar, totalizando, assim, nove unidades. Para 2018, está previsto chegar à marca de 20 busões em atividades.

“Criamos o Busger para oferecer uma combinação de experiência e sabor. Nós nos posicionamos entre uma lanchonete convencional e um food truck, elevando o nível quando se fala em alimentação fora de casa tanto em termos de qualidade da comida quanto de experiência”, comenta Arjonas, que comemora a marca de mais de 150 mil burgers vendidos em 2017. Para ter um busão incrementado, o franqueado precisa de R$ 400 mil para o início das atividades.

Skol ganha embalagem ‘gela fácil’

Skol ganha embalagem ‘gela fácil’

A Skol, marca de cerveja da gigante AmBev, vai ganhar uma embalagem especial neste verão, onde basta adicionar gelo para resfriar a bebida. Com o nome “gela fácil”, a caixa é composta por 15 latinhas e vira uma espécie de cooler depois de aberta, que não é reaproveitável. Ou seja, depois de consumidas as latinhas, a embalagem-cooler é descartada.

De acordo com a cervejeira, o ideal é acrescentar no máximo 1,8 quilo de gelo ao recipiente, colocando o produto por cima e por baixo da cerveja. Quem quiser conferir como funciona poderá encontrar a embalagem nos mercados brasileiros a partir do próximo dia 16.

Opções de franquias de alimentação para investir

O ano começa e com ele oportunidades para investidores de médio e grande porte. Quem tiver dinheiro em caixa e estiver disposto a fazer parte dos 48 milhões de empreendedores que existem no país, segundo pesquisa realizada pelo Global Entrepreneurship Monitor, tem algumas oportunidades para começar 2018 como dono do próprio negócio.
As franquias de alimentação, por exemplo, estão entre os segmentos de mercado que mais crescem e os números confirmam. Segundo o balanço da Associação Brasileira de Franchising (ABF), o setor avançou 6,1% no terceiro trimestre de 2017, comparado ao mesmo período de 2016, montante que representa R$ 10 bilhões em faturamento.

Patroni
Com mais de 30 anos no mercado, o Grupo Patroni acaba de anunciar um novo formato de negócio e sua entrada no mercado de casual dining por meio da Casa do Don, formato de negócio que será internacionalizado em 2018. A rede passa a oferecer quatro modelos de investimento que variam de R$ 200 mil (três deles no segmento fast-food) a R$ 1 milhão.

Nhô Sorvetes
A tradicional sorveteria Nhô Sorvetes de São José do Rio Preto, interior de São Paulo, acaba de entrar no segmento de franchising e oferece quatros formatos de negócio com investimento inicial entre R$ 99.900 mil a R$ 180 mil, incluindo taxa de franquia e capital de giro.

 

Green station
No verão, as pessoas optam por comidas mais leves e a salada acaba sendo uma alternativa saudável. Uma das redes que se destaca nesse mercado por oferecer esse tipo de refeição fast food, por kilo, é a Green Station. A marca oferece modelo de franquia com investimento inicial a partir de R$ 190 mil.

 

Gua.Co
Comida rápida, com sabor e frescor do Tex-Mex original – fusão entre a culinária americana do Texas e a mexicana. Essa é a proposta do Gua.Co, restaurante fundado por quatro amigos em Campinas (SP), que faz parte da SMZTO Holding de Franquias Multissetoriais, responsável pelo sucesso de grandes marcas, como Espaçolaser e OdontoCompany. Com investimento inicial a partir de R$ 500 mil, a rede vai iniciar sua expansão por meio de franquias no próximo ano, com planos de chegar a 150 unidades no país nos próximos 5 anos.
Com um cardápio composto por burritos, tacos, saladas e bowls (burrito servido na tigela, sem a tortilha), o Gua.Co usa receitas mexicanas originais e conta com opções veganas, como proteína de soja com abóbora e banana da terra com pimenta jalapeño, além das tradicionais carnes bovina, suína e de frango.